10% off na primeira compra! Use o voucher primeiracompra

Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 0000016029

Cinema Português - Um País Imaginado Vol.II

Após 1974

Autor(es):
Editora:
199 159.2
ou 6x de 26.53

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

Cinema Português - Um país imaginado faz uma abordagem diacrónica do cinema português da segunda metade do século XX, incidindo exaustivamente nos filmes das décadas de 50, 60 e 70, e estendendo alguns ramos pelos anos 80 e 90. O corpus está limitado às longas-metragens de ficção: o universo virtual designado como país imaginado.

O volume I analisa os filmes anteriores a 1974, abarcando tanto o cinema conformista como o cinema resistente, que inclui dois movimentos artísticos: o Neo-realismo com seu único representante Manuel Guimarães; e o Novo Cinema dos anos 6o que, apesar da diversidade de autores, apresenta uma linha consistente de evolução estética.

O volume II incide sobre o cinema posterior à revolução de 1974, abordando o cinema livre nos seus numerosos vectores temáticos e estéticos. Os dois grandes autores do cinema português, Manoel de Oliveira e João César Monteiro, cujas obras ganham notoriedade sobretudo a partir da década de 70, têm capítulos a eles especialmente dedicados, a que se segue um ensaio sobre a chamada escola portuguesa de cinema. Duas teorias centrais sustentam os resultados desta investigação: a Teoria do Contágio das ideias e a Teoria do Cliché, desenvolvidas no último capítulo de teoria do cinema.
Autor(es):
Leonor Areal
Dimensões:
16,0cm x 2,5cm x 23,0cm
Páginas:
477
Acabamento:
Brochura
ISBN:
9789724416724
Código:
0000016029
Código de barras:
9789724416724
Edição:
1
Data de Lançamento:
01/11/2011
Coleção:
Extra Coleção
Peso:
1550
  • Informações do produto Seta - Abrir
    Cinema Português - Um país imaginado faz uma abordagem diacrónica do cinema português da segunda metade do século XX, incidindo exaustivamente nos filmes das décadas de 50, 60 e 70, e estendendo alguns ramos pelos anos 80 e 90. O corpus está limitado às longas-metragens de ficção: o universo virtual designado como país imaginado.

    O volume I analisa os filmes anteriores a 1974, abarcando tanto o cinema conformista como o cinema resistente, que inclui dois movimentos artísticos: o Neo-realismo com seu único representante Manuel Guimarães; e o Novo Cinema dos anos 6o que, apesar da diversidade de autores, apresenta uma linha consistente de evolução estética.

    O volume II incide sobre o cinema posterior à revolução de 1974, abordando o cinema livre nos seus numerosos vectores temáticos e estéticos. Os dois grandes autores do cinema português, Manoel de Oliveira e João César Monteiro, cujas obras ganham notoriedade sobretudo a partir da década de 70, têm capítulos a eles especialmente dedicados, a que se segue um ensaio sobre a chamada escola portuguesa de cinema. Duas teorias centrais sustentam os resultados desta investigação: a Teoria do Contágio das ideias e a Teoria do Cliché, desenvolvidas no último capítulo de teoria do cinema.
  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    Leonor Areal
    Dimensões:
    16,0cm x 2,5cm x 23,0cm
    Páginas:
    477
    Acabamento:
    Brochura
    ISBN:
    9789724416724
    Código:
    0000016029
    Código de barras:
    9789724416724
    Edição:
    1
    Data de Lançamento:
    01/11/2011
    Coleção:
    Extra Coleção
    Peso:
    1550