10% off na primeira compra! Use o voucher primeiracompra

Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 0000024799

Em Busca de um Lugar ao Sol

Nietzsche E A Cultura Alemã

Autor(es):
69
ou 6x de 11.5

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

Este livro parte da idéia de que a questão da cultura/formação (Bildung) perpassa os três grandes momentos da obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, ao contrário de outras interpretações que preferem o binômio cultura/civilização (Kultur). O autor explica que civilização teria para Nietzsche um sentido negativo em virtude dos limites que ela traria para a livre expressão dos instintos humanos, pois erigiria um corpus normativo que alteraria de forma definitiva a natureza do homem. A formação não é um direito universal . Ela é privilégio de um determinado segmento da sociedade; depende, pois, da condição social. Assim afirma Wilhelm, protagonista de Os anos de aprendizagem de Wilhelm Meister, de Goethe. Não é de modo diferente que pensa Nietzsche. Acreditando que a verdadeira formação caberia apenas aos nobres, critica a burguesia erudita do século XIX, que visava a atrelar a cultura aos novos rumos da sociedade alemã. Ocorre, no entanto, que Nietzsche - como Wilhelm - era burguês. O filósofo investe assim com conhecimento de causa contra seu próprio segmento social, a fim de se pôr para além dele. Mas teria sido bem sucedido?
Autor(es):
Ivo da Silva Junior
Dimensões:
23,0cm x 16,0cm x 0,9cm
Páginas:
202
Acabamento:
Brochura
ISBN:
9788586590672
Código:
0000024799
Código de barras:
9788586590672
Edição:
1ª Edição
Data de Lançamento:
01/01/2007
Coleção:
Coleção Discurso Editorial
Peso:
330
  • Informações do produto Seta - Abrir
    Este livro parte da idéia de que a questão da cultura/formação (Bildung) perpassa os três grandes momentos da obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, ao contrário de outras interpretações que preferem o binômio cultura/civilização (Kultur). O autor explica que civilização teria para Nietzsche um sentido negativo em virtude dos limites que ela traria para a livre expressão dos instintos humanos, pois erigiria um corpus normativo que alteraria de forma definitiva a natureza do homem. A formação não é um direito universal . Ela é privilégio de um determinado segmento da sociedade; depende, pois, da condição social. Assim afirma Wilhelm, protagonista de Os anos de aprendizagem de Wilhelm Meister, de Goethe. Não é de modo diferente que pensa Nietzsche. Acreditando que a verdadeira formação caberia apenas aos nobres, critica a burguesia erudita do século XIX, que visava a atrelar a cultura aos novos rumos da sociedade alemã. Ocorre, no entanto, que Nietzsche - como Wilhelm - era burguês. O filósofo investe assim com conhecimento de causa contra seu próprio segmento social, a fim de se pôr para além dele. Mas teria sido bem sucedido?
  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    Ivo da Silva Junior
    Dimensões:
    23,0cm x 16,0cm x 0,9cm
    Páginas:
    202
    Acabamento:
    Brochura
    ISBN:
    9788586590672
    Código:
    0000024799
    Código de barras:
    9788586590672
    Edição:
    1ª Edição
    Data de Lançamento:
    01/01/2007
    Coleção:
    Coleção Discurso Editorial
    Peso:
    330