O Direito ao Ócio

Os desafios ao trabalho e a nova cultura

De R$ 99 Por R$ 49.5
R$ 49.5 à vista no boleto
em até 6x de R$ 8.25 sem juros
VER PARCELAS

Parcelamento:

  • 1x de R$ 49,50 sem juros
  • 2x de R$ 24,75 sem juros
  • 3x de R$ 16,50 sem juros
  • 4x de R$ 12,38 sem juros
  • 5x de R$ 9,90 sem juros
  • 6x de R$ 8,25 sem juros
Calcule o Frete e o Prazo de Entrega
loader
Nome Prazo de entrega Valor

O Direito ao Ócio

Adicionado ao carrinho!

Ir para o carrinho ou Continue comprando
DESCRIÇÃO
Será o trabalho econômico um fenômeno universal e intransponível para a existência humana? Diferentemente do que se pensa, o trabalho econômico não é natural nem desejado, mas compulsório e assumido. Estudos apontam para o fato que o desejo do homem é a ociosidade voltada ao trabalho imaterial e às atividades criativas. Na história, a luta pelo poder sempre tem em seu interior a necessidade de definir quem produzirá, e de que forma, para quem. Quem vence, conquista o direito à ociosidade, e quem perde, o direito a produzir para os outros, definindo assim as relações sociais, os valores e os limites culturais da sociedade. Tendo isso em vista, O Direito ao Ócio trata da situação de desemprego estrutural para os trabalhadores nas sociedades contemporâneas, suas consequências e paradoxos do empreendimento capitalista. Neste cenário em que os trabalhadores são compulsoriamente dispensados do trabalho quanto mais a indústria desenvolve novos meios de produção, a humanidade passa a usufruir um tempo disponível significativo em relação ao trabalho como nunca.

Ficha técnica

Autor(es):
José Manuel de Sacadura Rocha
Dimensões:
23,0cm x 16,0cm x 1,6cm
Páginas:
284
Acabamento:
Brochura
ISBN:
9786586618563
Código:
0000029091
Código de barras:
9786586618563
Edição:
1ª Edição
Data de Lançamento:
01/10/2021
Coleção:
Fora de Coleção
Peso:
380