10% off na primeira compra! Use o voucher primeiracompra

Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 9786556279688

Escravidão no Brasil Império

A Fundamentação Teórica nas Faculdades De Direito do Século XIX

Autor(es):
Editora:
139 111.2
ou 6x de 18.53

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

'Elemento servil' foi o eufemismo cínico para escravidão, com amplo emprego em publicações e discursos. A escravidão no Império do Brasil não era apenas um legado do passado, mas um projeto de futuro para o país independente. Foi recriada pelo pacto das elites, sancionada pela legislação, mantida pelo Estado. Também foi contestada em diferentes arenas. Ariel Pesso nos faz conhecer um espaço privilegiado onde a escravidão foi justificada e criticada: os Cursos Jurídicos de São Paulo e Olinda/Recife. Somos apresentados aos livros e aos lentes das disciplinas de Direito Natural e Economia Política, além de jornais acadêmicos que debatiam com ambivalência e contradição a 'questão servil'. Esse é um capítulo da história das 'majestosas Faculdades' que finalmente começa a ser escrito, quando políticas de cotas ao ensino universitário ampliaram a representatividade de classe, raça e etnia do coletivo discente.
Autor(es):
Ariel Engel Pesso
Dimensões:
23,0cm x 16,0cm x 2,0cm
Páginas:
388
Acabamento:
Brochura
ISBN:
9786556279688
Código:
9786556279688
Código de barras:
9786556279688
Edição:
1ª Edição
Data de Lançamento:
01/11/2023
Coleção:
Teoria e História do Direito
Peso:
500
  • Informações do produto Seta - Abrir
    'Elemento servil' foi o eufemismo cínico para escravidão, com amplo emprego em publicações e discursos. A escravidão no Império do Brasil não era apenas um legado do passado, mas um projeto de futuro para o país independente. Foi recriada pelo pacto das elites, sancionada pela legislação, mantida pelo Estado. Também foi contestada em diferentes arenas. Ariel Pesso nos faz conhecer um espaço privilegiado onde a escravidão foi justificada e criticada: os Cursos Jurídicos de São Paulo e Olinda/Recife. Somos apresentados aos livros e aos lentes das disciplinas de Direito Natural e Economia Política, além de jornais acadêmicos que debatiam com ambivalência e contradição a 'questão servil'. Esse é um capítulo da história das 'majestosas Faculdades' que finalmente começa a ser escrito, quando políticas de cotas ao ensino universitário ampliaram a representatividade de classe, raça e etnia do coletivo discente.
  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    Ariel Engel Pesso
    Dimensões:
    23,0cm x 16,0cm x 2,0cm
    Páginas:
    388
    Acabamento:
    Brochura
    ISBN:
    9786556279688
    Código:
    9786556279688
    Código de barras:
    9786556279688
    Edição:
    1ª Edição
    Data de Lançamento:
    01/11/2023
    Coleção:
    Teoria e História do Direito
    Peso:
    500