10% off na primeira compra! Use o voucher primeiracompra

Seja bem vindo

Se você já possui cadastro na nossa loja, informe abaixo seus dados de login para entrar

Cód. Produto: 9789724419022

O Trabalho no Ecrã

Memórias e Identidades Sociais através do Cinema

Autor(es):
Editora:
199 159.2
ou 6x de 26.53

Calcule o frete e o prazo

loader
Tipo de entrega Entrega* Valor

* O prazo de entrega inicia-se no 1º dia útil após a confirmação do pagamento. Informações referentes apenas para 01 unidade deste item.

O trabalho nas sociedades contemporâneas tem vindo a sofrer processos vários de mudança que, no contexto atual de crise económica e emprego, exigem equacionar a estruturação das identidades que sobre o trabalho se constroem, destroem e modificam. O estudo das representações sobre o trabalho constitui, assim, um tema com importância científica e social assinalável, que se manifesta neste livro a partir da análise dos processos sociais de formação de identidades sobre o trabalho em Portugal e as narrativas que daí resultam estruturando-o em simultâneo. O cinema constitui um veículo privilegiado de criação e divulgação de representações e, logo, de estruturação dessa memória coletiva, contribuindo para a formação das identidades e até mesmo da imagem do país. É sobre o trabalho que nos detemos, propondo um enfoque sobre as formas várias como é retratado no ecrã. Partindo da análise de um corpus de filmes que permite evidenciar as principais continuidades e descontinuidades dessas narrativas entre o final de 1920 e os anos 80, o eixo central deste estudo é a memória coletiva e social, já que é ela que permite evidenciar - tanto a nível individual como coletivo, os processos sociais de construção de representações sobre o trabalho.
Autor(es):
Frederic Vidal, Luísa Veloso
Dimensões:
16,0cm x 2,5cm x 23,0cm
Páginas:
318
ISBN:
9789724419022
Código:
9789724419022
Código de barras:
9789724419022
Data de Lançamento:
01/01/2018
Coleção:
Extra Coleção
Peso:
510
  • Informações do produto Seta - Abrir
    O trabalho nas sociedades contemporâneas tem vindo a sofrer processos vários de mudança que, no contexto atual de crise económica e emprego, exigem equacionar a estruturação das identidades que sobre o trabalho se constroem, destroem e modificam. O estudo das representações sobre o trabalho constitui, assim, um tema com importância científica e social assinalável, que se manifesta neste livro a partir da análise dos processos sociais de formação de identidades sobre o trabalho em Portugal e as narrativas que daí resultam estruturando-o em simultâneo. O cinema constitui um veículo privilegiado de criação e divulgação de representações e, logo, de estruturação dessa memória coletiva, contribuindo para a formação das identidades e até mesmo da imagem do país. É sobre o trabalho que nos detemos, propondo um enfoque sobre as formas várias como é retratado no ecrã. Partindo da análise de um corpus de filmes que permite evidenciar as principais continuidades e descontinuidades dessas narrativas entre o final de 1920 e os anos 80, o eixo central deste estudo é a memória coletiva e social, já que é ela que permite evidenciar - tanto a nível individual como coletivo, os processos sociais de construção de representações sobre o trabalho.
  • Especificações Seta - Abrir
    Autor(es):
    Frederic Vidal, Luísa Veloso
    Dimensões:
    16,0cm x 2,5cm x 23,0cm
    Páginas:
    318
    ISBN:
    9789724419022
    Código:
    9789724419022
    Código de barras:
    9789724419022
    Data de Lançamento:
    01/01/2018
    Coleção:
    Extra Coleção
    Peso:
    510